Nossa história

leac mar PT.png

Admirar as baleias-jubarte por toda a costa baiana (e não apenas na região dos Abrolhos) se tornou comum após a recuperação da sua população nos últimos 20 anos. A região de Serra Grande (Uruçuca – Bahia) possui características únicas: a plataforma continental mais estreita na costa brasileira e a presença de morros que chegam até o mar. Além da beleza encantadora que este cenário traz, a configuração da área permite que as baleias-jubarte possam ser observadas tanto perto da costa, como no limite de profundidade que elas frequentam no seu período reprodutivo. 

O Projeto Baleias na Serra teve início em 2013 quando a Isabel aceitou o desafio do Júlio e acreditou no seu sonho de iniciar um trabalho de monitoramento das baleias-jubarte em Serra Grande. A Isabel concluiu a sua tese de doutorado em 2017, no Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação da Biodiversidade (PPGECB) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), confirmando o uso da região de Serra Grande como área de reprodução das baleias-jubarte e desde então o projeto cresceu, com cada vez mais parceiros e colaboradores querendo viver este sonho que virou realidade.

O Projeto Baleias na Serra é executado pelo Laboratório de Ecologia Aplicada à Conservação (LEAC) na UESC com o apoio administrativo do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia (PCTsul) e o apoio logístico do Mirante de Serra Grande.

  • instagram
  • facebook
  • twitter
  • linkedin
  • youtube